Vinhos Americanos, um tesouro que foi lapidado

de Wine em Casa em August 18, 2021

Tudo o que os americanos fazem precisa ser grandioso, a busca por alcançar o topo ou pelo menos estar entre os melhores faz parte do DNA americano e no mundo dos vinhos não foi diferente. O início se deu onde atualmente é a Flórida em meados do século XV, imigrantes franceses plantaram as primeiras vinhas em solo americano. O responsável por “popularizar” o vinho foi Junípero Serra, um padre que trouxe vinhas da Espanha. Com a expansão do cultivo de uvas, se deu a mistura das vinhas americanas com as vinhas europeias, dando origem ao primeiro vinho americano famoso da Costa Sul. Do outro lado do país, na Califórnia, os produtores se concentravam nas melhorias de produção e vinificação, com destaque para a região de Napa Valley que até hoje é de importante relevância para o mercado nacional americano. Porém, nem tudo são flores e os Estados Unidos tiveram duas grandes provações ao longo de sua história no mundo dos vinhos. A primeira delas, como em todo país produtor, foi a grande epidemia da filoxera que devastou vinhedos mundo afora ao final do século XIX e em seguida, a Lei Seca de 1920 que durou longos anos e o país só retomou uma produção plena após o final de segunda guerra. Os anos 70 são marcados pela ascensão do vinho americano, vinhos produzidos na Califórnia conquistaram prêmios e reconhecimento ao redor do mundo, principalmente por sua estrela principal e que merecia até estar na calçada da fama, a uva Zinfandel. Cultivada em larga escala no estado, ganhou destaque e se consolidou como principal elemento na produção de vinhos americanos bons e renomados. A Califórnia concentra o maior número de vinhedos e produtores, o clima favorece a diversidade das vinhas e proporciona singularidade a cada rótulo produzido na região. A região começou a explorar o turismo enólogo daquele jeito americano que todos nós conhecemos, nada discreto e para todo o planeta prestigiar. A região de Sonoma também se tornou orgulho americano, com uma vasta extensão de vinhedos produzindo os melhores vinhos americanos a partir das castas Zinfandel e Pinot Noir. O vinho americano Zinfandel é conhecido mundialmente por seu inconfundível sabor, se você ainda não experimentou, fica aqui a dica de alguns rótulos que você precisa ter em casa. Por trás de todo esse sucesso, existe um nome que talvez tenha uma boa parcela de “culpa”, Robert Mondavi. Algumas fotos mostram um senhor simpático e inofensivo, mas não se engane! Mondavi foi o responsável por impulsionar o vinho americano com suas estratégias de marketing e seu olhar visionário, que romperam todas as barreiras e talvez até certo preconceito com um vinho que não fosse europeu. Seu legado se tornou tão importante no meio dos vinhos, que ele foi considerado o “Homem do Ano” pela revista Decanter no ano de 1989. A vinícola que leva o seu nome é uma das mais tradicionais do país e que exala toda a paixão de seu fundador em seus vinhos. O resultado é um vinho que traz em sua garrafa toda a essência e caráter de uma trajetória marcada por persistência e êxito. Por fim, não podíamos deixar passar em branco, queremos que você desfrute de toda essa excelência dos vinhos americanos aí mesmo em sua casa! Clique neste link e se encante com a grandeza americana.