Harmonização de vinhos – peso do vinho e da comida

de Wine em Casa em April 08, 2021

Como bom apreciador de vinhos que é, você certamente já ouviu falar sobre harmonização. E embora ainda não conheça conceitos técnicos, sabe que o vinho é um parceiro maravilhoso para comida.

Harmonizar é isso. Por mais complexo que pareça, para você acertar na combinação, basta usar seus instintos e confiar nas tuas preferências pessoais e nas interações mais básicas entre vinho e comida. Afinal, de nada adianta recomendarmos um vinho, sem considerar o que você gosta ou não.

Nossa primeira dica é pensar no peso do prato com o peso do vinho. Por exemplo, uma salada leve e refrescante combina perfeitamente com o vinho ConoSur Bicicleta Pinot Noir Rosé ou o Freixenet Pinot Grigio Garda DOC. Ambos vão ter leveza, frescor e se complementam lindamente.

Se quiser um prato com um pouco mais de estrutura, como uma massa com molho de tomate, vinhos brancos de médio corpo ou um vinho tinto leve vão fazer o par perfeito. Aposte no Monte Velho branco da Esporão ou no tinto Lucarelli Rosso Puglia IGP e depois nos conte o que achou da experiência.

Se for comer uma deliciosa carne assada, você vai precisar também de um vinho com mais corpo e potência, como o Kaiken Ultra Malbec ou Esporão Reserva. Lembre-se que a comida ou o vinho não devem sobressair um sobre o outro, eles precisam estar em equilíbrio para tornar o momento mais agradável.

Ainda podemos considerar conceitos técnicos regionais, a interação de acidez, dulçor, gordura, picante e umami e, porque não, a harmonização com a ocasião. Mas, como essa experiência é para ser leve e descontraída, vamos pouco a pouco trazendo mais dicas para você ir assimilando.